Magazine Luiza faz novas parcerias de vendas

Com uma meta de integração entre as lojas físicas e digitais, o Magazine Luíza acabou tendo um crescimento de mercado, aumentando assim os seus lucros. Nessa Páscoa, pela primeira vez, vendeu chocolates, inovando e aumentando o seu marketplace. Um dos recentes parceiros da companhia, é a Mondelez, que vende chocolates através do site.

Em abril, o número de parceiros chegou a 100, tendo em seu marketplace, marcas como a Avon, Spicy, ClimaRio, Onofre, Havan, Madeira Madeira, Drogaria SP, Drogaria Pacheco, Connectparts, entre outros vários parceiros, chegando a totalizar 220 mil itens diferentes no seu shopping online.

A empresa, além dos seus produtos tradicionais, está vendendo produtos como cosméticos, alimentos e produtos para carros. Graças a essas novas parcerias, o Magazine Luiza está adotando uma estratégia que visa aumentar as vendas online e o seu marketplace.

Os produtos oferecidos pelas empresas parceiras, em 98% dos casos, não concorrem com os produtos oferecidos pelo Magazine Luiza, ampliando assim o seu catálogo de mercadorias.

Houve um aumento no número desses novos parceiros, depois da compra  da startup Integra , que tem como principal objetivo, a gestão de marketplaces e lojistas, com mais de 200 empresas usuárias desse sistema.

Como resultados dessa estratégia, podemos observar que as vendas da empresa tiveram um grande aumento, garantindo o seu maior Ebitda, que é lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, desde que foi fundada.

A companhia apresentou um lucro líquido de R$ 59 milhões, nos primeiros três meses do ano, contra R$ 5 milhões, no mesmo período do ano anterior. O total de vendas cresceu 23% nos primeiros três meses do ano, atingindo R$ 3,4 bilhões.

A empresa teve como principal destaque, o aumento das vendas online, representando quase 30% do total de vendas. Esse lucro foi 56,2% maior do que no ano anterior.

O Magazine Luiza possui mais de 800 lojas físicas, que fazem a distribuição e servem como pontos de retirada das vendas online, para que o comprador não tenha o custo do frete, chamado de Retira Loja. A empresa a partir de agora, vai ter como meta, fazer essa entrega na loja física em 48 horas, diminuindo assim, o tempo de entrega para as compras feitas com esse sistema. Com essa diminuição do prazo de entrega, o tempo de estoque diminuiu de 73 dias, para 66 dias, nesse mesmo período do ano passado.

Outro fator para o aumento das vendas, é o investimento da empresa, para compras através do aplicativo para smartphones, que já tem mais de 5 milhões de downloads.

Além de uma estratégia de integrar vendas online e lojas físicas, outro fator determinante para o aumento do crescimento, foram os preços mais racionais praticados pela empresa. Apesar da competitividade do mercado, o Magazine Luiza se beneficia e aumenta a sua taxa de conversão.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *