Ser multitarefa gera improdutividade

Image result for Ser multitarefa

Muitas pessoas são levadas a pensar que desenvolver várias atividades ao mesmo tempo é uma vantagem no mercado de trabalho, no entanto, não é sempre que essa característica pode significar uma maior produtividade. Quando um profissional se encontra excessivamente atarefado existem chances que diversas tarefas não sejam cumpridas como esperado, por isso, é necessário atenção para não perder o foco e completar cada atividade com uma qualidade que supera a quantidade de serviços.

Falar no telefone enquanto está escrevendo ou lendo um e-mail, e visualizar ou responder mensagens no momento de uma reunião, são exemplos de profissionais que podem ter o seu desempenho prejudicado.

Existe uma dificuldade maior quando é necessário prestar atenção em mais de uma atividade ao mesmo tempo. Especialistas afirmam que manter a concentração trabalhando dessa maneira se torna mais árduo.

Com o excesso de trabalho que muitas empresas têm muito se ouve falar em ser multitarefa, no entanto, esse termo está mais relacionado com quem precisa fazer mais de uma coisa em um tempo curto, e é usado de maneira equivocada.

De acordo com a sócia da consultoria Thelema Coaching, Maria Olívia Machado: “Essa é uma expressão que surgiu do excesso de trabalho nas empresas, mas que não existe na prática. Nosso cérebro não consegue se concentrar em duas coisas ao mesmo tempo, por isso ele tira o foco de uma e passa outra que está em primeiro plano”.

Todas as vezes que um profissional precisa tirar o foco de uma tarefa para realizar outra, não existe ganho de tempo e nem de produtividade, pois será necessário mais tempo para retomar o raciocínio da atividade que estava sendo realizada, o que vai demorar para mais tempo para cumprí-la. Machado afirma: “Quando você está escrevendo um e-mail e atende o telefone, é comum ter de reler o que havia escrito para retomar o pensamento após a ligação”.

Depois que uma pessoa precisa interromper o que estava fazendo, é necessário 15 minutos para retomar a atividade interrompida, segundo um artigo que foi publicado na “Harvard Business Review”.

Ao tentar ser um profissional que realiza diversas tarefas o artigo aponta que pode existir uma queda de até 40% de produtividade. Conforme diz a consultora: “Ao tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo, você acaba fazendo tudo com menos qualidade porque não consegue se concentrar direito”.

O consultor e autor de livros sobre produtividade Christian Barbosa afirma que o termo “multitarefa” é apropriado para os computadores, embora muitos profissionais e até mesmo empresas utilizem esse termo de maneira errada, principalmente, quando colocam em seus requisitos para candidatos a um cargo na empresa.

“As empresas são cegas e burras, só um computador é multitarefa. Quanto mais elas exigem que seus funcionários façam mais coisas ao mesmo tempo, mais improdutivo e estressante será o ambiente de trabalho”, aponta o consultor Barbosa.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *