Relembre a história da incorporadora JHSF desde a sua criação

Fundada na cidade de São Paulo, a empresa surgiu de uma parceria entre os irmãos José Roberto e Fábio Auriemo, que em sociedade com mais dois empresários, fundaram a JHS Construção e Planejamento Ltda, uma corporação com foco na área da construção.

Ao longo da década de 80, a JHS cresceu muito e começou a se destacar entre as maiores do país, se envolvendo em projetos de grande porte, como é o caso da construção do imenso complexo do Hotel Transamérica, no estado da Bahia, e também do circuito de testes da General Motors, situado no interior de São Paulo. Em crescimento contínuo e acelerado, a empresa decidiu se expandir para o segmento da incorporação imobiliária.

Algumas diferenças de opinião causaram uma cisão entre os sócios da empresa, fazendo assim com que o empresário Fábio Auriemo assumisse o cargo de presidente da corporação. Nesse período, ele decidiu modificar o nome da empresa para JHSF e redirecionar a maior parte dos negócios para o setor da incorporação, que estava em alta na época. Assim, a corporação começou a trabalhar em projetos envolvendo edifícios comerciais para locação, um mercado bastante aquecido em todo o país.

No ano de 2001, a JHSF avançou em suas investidas na área da incorporação, passando a investir em shopping centers. Entre os primeiros projetos da empresa na área, estão o Shopping Metrô Santa Cruz e o Shopping Metrô Tucuruvi, ambos na capital paulista.

Alguns anos após a empresa se estabelecer nesse novo mercado, o presidente Fábio Auriemo se aposentou e passou a administração dos negócios da família para o filho, José Auriemo Neto, que mesmo sendo jovem, assumiu a responsabilidade do cargo com grande excelência, exercendo um ótimo trabalho no comando da JHSF. Entre as estratégias adotadas por ele, a corporação passou a investir na incorporação de alta renda, um segmento com ótimo potencial na época.

O projeto mais audacioso da incorporadora nesse mercado de luxo consistiu na viabilização do complexo Parque Cidade Jardim, finalizado em 2006. No interior do complexo, está o famoso Shopping Cidade Jardim, alguns prédios residenciais que fazem parte de um dos condomínios de alta renda mais renomados de São Paulo, edifícios comerciais e uma sede do Hotel Fasano.

Com o Parque Cidade Jardim, a JHSF alcançou lucros substanciais, que elevaram o status da empresa a uma das maiores do Brasil nesse ramo. A construção do complexo também funcionou como pontapé inicial para que a incorporadora investisse em outros projetos de luxo, como a construção do condomínio de veraneio de alta renda Las Piedras, localizado na cidade Punta del Este, no Uruguai. Sendo assim, os investimentos adequados em conjunto com um trabalho minucioso e exemplar desenvolvido pela empresa foram os fatores que a levaram a ter o seu capital aberto para ser negociado na Bolsa de Valores.

Nos anos recentes, um dos projetos mais desafiadores da JHSF foi o Shopping Catarina Fashion Outlet, que é um centro de compras focado no setor de luxo, com descontos e promoções que duram o ano inteiro.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *