Peças com tricô se torna negócio

O tricô está naturalmente associado com a atividade que as senhoras fazem para passar o tempo. O estilo da roupa, antes mais usado e visto como algo antigo hoje faz sucesso entre a juventude que gosta de andar com estilo. É isso o que a mineira Renata Campos, 46, está conseguindo fazer desde que começou a empreender com confecção de roupas em tricô em 1996. Em 2018 a previsão é de que lojas em seis filiais sejam abertas.

Durante 20 anos, a empresária tinha como principal ramo do negócio a fabricação de suas roupas que eram distribuídas em mais de cem lojas multimarcas no Brasil. Depois Renata decidiu investir em suas lojas próprias, no início o nome da sua marca era Squadro, posteriormente a empresária entendeu que era mais atrativo colocar o próprio nome na marca.

No ano de 2015 foram investidos R$ 50 mil em uma loja online e em 2017 mais R$ 500 mil em uma loja em Belo Horizonte. O retorno do investimento de acordo com a empresária deve acontecer até o final do ano.

A parceria com a blogueira de moda Helena Bordon é uma estratégia que ela está utilizando para divulgar a sua marca. Em 2018 os planos são de abrir uma nova loja em mais cinco capitais: São Paulo (até fevereiro), Goiânia, Rio de Janeiro e mais outra que no momento está sendo verificada.

Dependendo da peça, até 30 dias é preciso para que fiquem prontas. A confecção das roupas é realizada por um maquinário de tear, a técnica também utiliza trabalho manual. O processo exige o desenho da peça, a confecção do tecido por completo e então os cortes para construir a roupa. Em Belo Horizonte a fábrica tem 85 funcionários que trabalha produzindo as roupas apenas para o público feminino.

A família de Renata sempre trabalhou na área de vestuário, o que a influenciou em sua escolha no momento de decidir a sua carreira. Formada em engenharia em civil, a empresária nunca atuou na área porque percebeu que tinha um perfil mais voltado para a moda e por isso investiu no ramo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *