Microsoft aposta na Inteligência Artificial

Notícias sobre a Microsoft: a empresa está investindo forte em Inteligência Artificial (IA) em múltiplas frentes. Segurança e Games são duas das recentes apostas da companhia, que busca estender as aplicações da IA em suas plataformas. Leia mais e entenda.

Proteção

O lançamento do Windows 10 exigiu uma postura mais relevante da Microsoft, a qual desenvolveu ferramentas no Windows Defender no intuito de proteger o sistema de maneira mais intensa. Apesar do bom funcionamento a empresa está criando uma solução baseada na IA capaz de deletar ataques de sistemas nocivos.

A preocupação da segurança dos dados e do Windows se mostrou cada vez mais constantes, que quer mostrar que seu sistema operacional é imune a ameaças. A intenção é que a inteligência artificial possa obstruir os ataques de malwares antes que eles afetem as funções ou roubem os dados dos usuários.

A Microsoft chegou a lançar um concurso na plataforma Kaggle, em que procuram ideias e protótipos baseados na IA capazes de detectar e deletar ameaças. O prêmio é de US$ 25 mil para quem desenvolver a melhor solução, contudo esse valor pode aumentar até o fim do desafio que termina em 13 de março de 2019.

Games

A Inteligência Artificial também estará presente no Project Cloud X, futura plataforma de streaming de jogos da Microsoft. De acordo com o portal alemão de tecnologia Windows United, a companhia adquiriu a patente para que sistemas inteligentes possam prever o próximo título que os usuários teriam interesse em jogar.

A IA será empregada em diversas situações. Por exemplo, se o usuário acessou a plataforma a partir do computador, jogou e encerrou a partida, quando ele ligar outro dispositivo conectado como o Xbox, a partida começará do mesmo ponto que foi encerrada. A solução de integração seria armazenada na nuvem, facilitando a navegação.

Em Outubro, a empresa anunciou em seu blog que estava desenvolvendo sua própria plataforma de streaming de jogos, a qual permitira o acesso aos jogos pelo PC, smarphone, console e tablet. Segundo ela, a intenção é dar liberdade para o usuário não precisar ficar preso a um só aparelho. Ainda não há previsão para o lançamento do serviço.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *