Brasil é destaque no Oscar do turismo mundial e Guilherme Paulus é novamente premiado

A 25ª edição do World Travel Awards, o maior prêmio do turismo mundial, considerado até como o Oscar da área, entregou várias premiações ao setor do turismo do Brasil durante uma solenidade que foi realizada no dia 15 de setembro de 2018, em Guayaquil, no Equador. O evento reuniu grandes nomes internacionais do turismo.

O Rio de Janeiro, a capital do samba, do carnaval e das belas praias, ganhou agora o status de melhor destino para a realização de turismo esportivo, mais uma qualidade para acrescentar ao já extenso rol de elogios à cidade.

E, dentre as várias marcas do setor hoteleiro nacional que ganharam prêmios, citamos aqui o Hotel Dom Pedro Laguna, que fica em Fortaleza, no estado do Ceará, que foi reconhecido como o melhor resort de praia; e o Saint Andrews, localizado na cidade de Gramado, no estado do Rio Grande do Sul, que foi entitulado como o melhor hotel de luxo.

Outra marca hoteleira que também foi premiada foi o Wish Resort de Foz do Iguaçu, que recebeu o título de melhor resort, em toda a América do Sul, destinado para famílias. O resort é administrado pela GJP Hotels & Resorts, empresa de Guilherme Paulus, um dos maiores nomes do turismo brasileiro.

A premiação recebida pelo Wish Resort chama a atenção por já ser a segunda que o resort recebe. A primeira foi em 2016, quando recebeu o prêmio de “Melhor Resort do Brasil”. Por fazer parte da GJP Hotels & Resorts de Guilherme Paulus, o Wish Resort possui eventos variados.

É que a rede hoteleiro costuma presentear os clientes com eventos como um projeto gastronômico denominado “Sabores do Mundo”, que oferece aos hóspedes a degustação de culinárias de diferentes países ao longo dos doze meses do ano; e o projeto também gastronômico denominado “Chef por um dia: Tradição de Família”, em que famílias são responsáveis pela elaboração do menu de um restaurante.

Vale ressaltar que Guilherme Paulus também é um executivo reconhecido em âmbito internacional e nacional e no setor do turismo e da hotelaria. No ano de 2012, por exemplo, Paulus foi homenageado pela França devido a sua contribuição para a promoção e o desenvolvimento do turismo francês.

O empresário já foi reconhecido, inclusive, pelas cidades de Bariloche e Buenos Aires, na Argentina; por Isla Margarita, na Venezuela; por Cancun, no México; e por Miami, nos EUA, por todos os serviços que o executivo prestou ao turismo dessas cidades.

Em âmbito nacional, Guilherme Paulus possui diversos títulos, dentre eles o de “Revolucionário das Relações de Consumo”, concedido pela revista Consumidor Moderno; o de “Executivo de Valor”, dado pelo jornal Valor Econômico; e o de “Personalidade do Ano”, presenteado pela revista Viagem e Turismo.

Guilherme Paulus também é, desde 2003, integrante do Conselho Nacional do Turismo, sendo inclusive o único executivo do setor a ter integrado o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Governo Federal, o que ocorreu do ano de 2012 ao ano de 2016.

Para completar a lista, Paulus é o atual vice-presidente nacional de Relações Internacionais da Abav e também o atual presidente do Conselho de Administração do São Paulo Convention & Visitors Bureau.

Conheça as obras luxuosas que são determinantes para o perfil da JHSF

A incorporadora JHSF é uma das empresas mais importantes do Brasil. Suas principais atuações estão direcionadas às áreas residencial e comercial, fazendo desta incorporadora líder do setor imobiliário de alto padrão no país. Todos seus projetos adotam práticas de sustentabilidade, além de ser responsável por programas sociais e trabalhos especiais para contribuir com a saúde e educação.

Na área comercial, a JHSF já tem mais de treze anos de atuação em shopping centers. Destacam-se, neste segmento, o Shopping Cidade Jardim, na cidade de São Paulo, o Catarina Fashion Outlet, na cidade de São Roque, o Shopping Bela Vista, em Salvador e o Shopping Ponta Negra, localizado em Manaus, além do Cidade Jardim Shops, que ainda está em desenvolvimento. Todos estes estabelecimentos contam com os maiores padrões de qualidade oferecidos no mercado.

Vale ressaltar que a JHSF também investiu em dois “shoppings metrô”, um em Tucuruvi e o outro em Santa Cruz, sendo este o primeiro shopping integrado ao transporte público do Brasil. Ambos tiveram um impacto positivo nas regiões que foram instalados, principalmente por abranger um local de integração de ônibus e metrô.

Outro destaque foi a aquisição da rede de hotelaria Fasano, tornando a JHSF a primeira empresa brasileira do setor imobiliário a incorporar hotéis em suas atividades. O maior ponto positivo foi o aumento do valor dos empreendimentos, o reconhecimento internacional da marca e os vários prêmios conquistados pelo sucesso da rede. Sem contar os restaurantes que fazem parte do Grupo Fasano, sob o controle da empresa desde 2014, espalhados pelo Brasil e com unidade no exterior.

Duas obras da JHSF que também chamam atenção é o Catarina (São Roque, SP), classificado como o primeiro empreendimento do país a contar com aeroporto executivo privado aliado ao Catarina Fashion Outlet, estabelecimento empresarial que possui um centro de convenções e um distrito hoteleiro, educacional e médico, e a Fazenda Boa Vista (Porto Feliz, SP), que conta com dois campos de golfe, vegetação nativa, lagos e o primeiro hotel Fasano de campo, um dos empreendimentos de campo mais bem sucedidos do Brasil.

Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o homem por trás do sucesso do Grupo CAOA

Carlos Alberto de Oliveira Andrade é um médico e empresário brasileiro altamente reconhecido e conceituado na cidade de Paraíba. Embora possua formação acadêmica em medicina, foi na indústria automobilística que ele se destacou. Visionário, Andrade enxergou uma grande oportunidade de negócio ao comprar e vender veículos da Ford. Em 1979, o empresário comprou sua primeira concessionária Ford, em compensação por um carro que ele nunca conseguiu receber da mesma concessionária; a concessionária entrou em falência. Carlos Alberto de Oliveira Andrade investiu nesse negócio, e ele foi capaz de ajudá-lo a prosperar e crescer. Mesmo que ele estivesse nervoso no início quando se tratava de vendas de carros, ele aprendeu com seus erros e foi capaz de criar um negócio multimilionário. Dentro de seis anos, Carlos Alberto de Oliveira Andrade possuía a maior concessionária Ford em todo o país . Carlos Alberto de Oliveira Andrade formou o grupo CAOA em 1979.

Com uma rotina intensa e agitada, Carlos Alberto de Oliveira Andrade é o homem por trás do sucesso do Grupo automotivo CAOA, localizado em São Paulo. Conhecido por muitos como “doutor”, devido à sua formação acadêmica em medicina, Andrade é dono de uma simpatia incomparável e uma verdadeira paixão por seu trabalho, tanto que sua dedicação e esforço lhe renderam três importantes prêmios em maio deste ano, sendo eles:

– Prêmio JD Power de satisfação;

– Satisfação em Atendimento pela revista Consumidor Moderno;

– Empresa do Ano pela revista Consumidor Moderno.

Como tudo começou.

Antes de 1990, o Brasil não permitia que certos veículos fossem importados para o país. Uma vez que a proibição foi levantada, o grupo CAOA se tornou o principal distribuidor da marca Renault. Mais tarde, a marca se tornou bem distribuída no Brasil, então a CAOA parou a produção do veículo. Em 1998, o grupo CAOA começou a importar o Subaru’s. No ano seguinte, o grupo começou a importar veículos da Hyundai . Isso possibilitou que as pessoas visitassem a fábrica da Hyundai que o grupo CAOA havia criado para comprar uma variedade de veículos importados. A fábrica da CAOA Honda está em Annapolis Brasil.

Em 2006, o crescimento da CIAO continuou à medida que eles se tornaram o principal distribuidor de motores da Ford na América Latina, juntamente com a conquista dos direitos exclusivos de distribuição das marcas Hyundai e Subaru em todo o país.

Em maio de 2014, a firma de Annapolis alcançou a marca de 10 mil marcas de produção da Hyundai ix35; É por isso que o Dr. Carlos Alberto de Oliveira Andrade e todos os funcionários do CAOA se sentem orgulhosos.

Mais sobre Carlos Alberto de Oliveira Andrade.

Carlos Alberto de Oliveira Andrade conseguiu fazer bilhões de dólares por causa de sua experiência e de sua mentalidade empresarial, conforme mencionado em um artigo da Contrate Palestras . Oliveira Andrade recebeu o título de Empreendedor do Ano em 2007, e sua fábrica também foi nomeada Melhor Negócio em 2010.

Atualmente, Carlos Alberto de Oliveira Andrade atua como presidente do conselho do Grupo CAOA. Embora o empresário acumule uma vasta gama de conquistas e prêmios, ele não se dá por satisfeito, e continua atuando de forma ativa no Grupo, sempre visando formas de melhorar o negócio.

Guilherme Paulus: um executivo de sucesso

Nascido em 1949, Guilherme Paulus estudou administração de empresas na faculdade. A partir daí, ele passou a criar uma carreira de turismo que abrange quase cinco décadas. O sucesso da CVC, por exemplo, que ele ajudou a criar, deveu-se em grande parte à sua capacidade de oferecer pacotes de viagem contemporâneos aos consumidores.

A história da CVC, também conhecida como Operadora e Agência de Viagens CVC Tour Ltda, começou quando Paulus ainda estava nos seus 20 e poucos anos de idade. Ano após ano de trabalho acabou levando a empresa a ser reconhecida, hoje, como a maior operadora de turismo da América Latina.

Em 2009, Paulus vendeu parte da CVC para o Carlyle Group. Em 2013, o fundo norteamericano de private equity colocou à venda a fatia majoritária da operadora de turismo e, hoje, o valor de mercado da CVC é de mais de 8 bilhões de reais (de acordo com valores de 2018) e continua aumentando a uma taxa impressionante a cada ano.

Paulus, que continua sendo o presidente do conselho de administração da empresa, está animado com a oportunidade de estabelecer cerca de 100 lojas por ano.

A CVC existe em um número impressionante de shoppings localizados em todo o Brasil e continua a abrir novas lojas em áreas menos povoadas, que possuem um grande potencial de atrair um novo tipo de clientela no futuro.

Multifacetado nos negócios

Seus conceitos básicos como empreendedor também deram a Guilherme Paulus a capacidade de se conectar com outros tipos de empreendimentos comerciais.

Por exemplo, ele comprou a Webjet, uma pequena companhia aérea com um único avião, em 2006, e ajudou a empresa a se tornar a terceira maior companhia aérea do Brasil. Depois de atingir suas metas para a empresa, ele vendeu a Webjet para a Gol em 2011.

Em 2005, Guilherme Paulus estabeleceu uma rede hoteleira chamada GJP Hotels & Resorts. O negócio começou como um pequeno empreendimento. Hoje, a empresa é uma grande rede hoteleira no Brasil, com pelo menos 12 hotéis de luxo próprios e sete sob sua administração em destinos turísticos de dez estados do Brasil.

Em 2016, a partir dessa experiência no ramo hoteleiro, Guilherme Paulus abriu uma nova empresa: a GJP Incorporadora & Construtora, que atualmente já possui pelo menos quatro empreendimentos residenciais pelo Brasil.

Empreendedor do ano

Eleito oficialmente como Empreendedor do Ano em 2017, a foto de Guilherme Paulus foi destaque na capa da revista Isto É Dinheiro. Sua eleição deveu-se ao fato de que ele gastou aproximadamente 600 milhões de dólares de seu próprio dinheiro na construção de novos hotéis em todo o Brasil.

Atualmente, a rápida expansão hoteleira tem sido responsável por empregar cerca de 2 mil brasileiros no mercado de trabalho.

Dicas simples para tornar sua dieta mais saudável

Uma dieta saudável tem sido cientificamente provada para fornecer inúmeros benefícios para a saúde, como reduzir o risco de várias doenças crônicas e manter seu corpo saudável.

No entanto, fazer grandes mudanças em sua dieta às vezes pode parecer muito avassalador.

Em vez de fazer grandes mudanças, talvez seja melhor começar com algumas pequenas.

Este artigo discute notícias que podem tornar uma dieta regular um pouco mais saudável.

Desacelere.

O ritmo em que você come influencia o quanto você come, bem como a probabilidade de você ganhar peso.

De fato, estudos comparando diferentes velocidades alimentares mostram que comedores rápidos têm até 115% mais chances de serem obesos do que comedores lentos.

Seu apetite, quanto você come e quão cheio você fica é controlado por hormônios. Esses hormônios sinalizam para o seu cérebro, esteja você com fome ou cheio.

No entanto, leva cerca de 20 minutos para o seu cérebro receber essas mensagens, então comer mais devagar daria ao seu cérebro o tempo necessário para perceber que você está cheio.

Notícias confirmaram isso, mostrando que comer devagar pode reduzir o número de calorias que você consome nas refeições e ajudar a perder peso.

Comer devagar também está ligado a uma mastigação mais completa, que também tem sido associada a uma melhor manutenção do peso.

Portanto, simplesmente comendo mais devagar e mastigando com mais frequência, você pode reduzir o risco de comer demais e ganhar peso em excesso.

Escolha Pão Integral – Não Refinado

Você pode facilmente fazer sua dieta um pouco mais saudável, escolhendo o pão integral no lugar do tradicional pão de grãos refinados.

Ao contrário dos grãos refinados, que têm sido associados a muitos problemas de saúde, os grãos integrais têm sido associados a uma variedade de benefícios para a saúde, incluindo um risco reduzido de diabetes tipo 2, doenças cardíacas e câncer.

Eles também são uma boa fonte de fibras, vitaminas do complexo B e vários minerais, como zinco, ferro, magnésio e manganês.

Existem muitas variedades de pão integral disponíveis, e muitas delas até têm um sabor melhor do que o pão refinado.

Apenas certifique-se de ler o rótulo para garantir que seu pão é feito apenas com grãos integrais, não uma mistura de grãos inteiros e refinados. Também é preferível que o pão contenha sementes ou grãos inteiros.

Flavio Maluf conquistou o mundo corporativo no Brasil

Flavio Maluf atua atualmente como presidente de empresas da Eucatex e tem obtido grande sucesso nos negócios ao longo de sua carreira. De acordo com Flavio, o mercado atual no Brasil parece ter desacelerado em toda a diretoria e a agricultura tem sido excepcionalmente lenta. Flavio disse que isso é devido a uma variedade de fatores, incluindo até mesmo o atraso na condução de caminhões, portanto, um atraso com o envio de mercadorias em toda a economia. O PIB global da agricultura conseguiu cair mais de 2% no primeiro trimestre deste ano.

Flavio Maluf nasceu em uma família rica e política, então ele tem muito poder no departamento político. Apesar disso, Flavio Maluf foi capaz de construir seu próprio império, porque ele estava determinado a ter algo próprio por pura dedicação. Ao construir as fundações adequadas, Flavio criou novos sucessos para si mesmo, apesar da posição em que nasceu.

No início de sua carreira, Flávio tinha interesse em engenharia mecânica e chegou a prestigiar a Fundação Armando Alvares. Mesmo que tenha se saído bem em matemática e ciências, ele queria ser um empreendedor, então acabou assumindo o negócio da família, em vez de se dedicar ao trabalho de engenharia.

Flavio  sabe o que é preciso para ter sucesso nos negócios e ele regularmente tenta compartilhar seus conselhos com os outros, bem como emitir cautela. Todo mundo quer ser financeiramente independente e tornar-se rico, mas possuir um negócio é um trabalho ocupado e exige muita paciência. Mais frequentemente do que não, crescer um negócio bem sucedido significa sacrificar em algum outro lugar da vida de uma pessoa, a menos que eles não tenham mais nada lá na vida que seja importante para eles. Por outro lado, começar um negócio nem sempre é tão difícil como todos pensam, nem sempre é preciso muito dinheiro. Aqueles que são determinados o suficiente podem construir uma empresa de sucesso sem muito investimento para começar, se estiverem motivados.

O empreendedor e a busca constante por inovação

Um empreendedor está sempre à procura de novas inovações e formas de se reinventar. Se essas inovações vêm de dentro ou de fontes externas, elas buscam inspiração para encontrar melhores maneiras de conduzir seus negócios e aperfeiçoar os produtos e serviços que oferecem.

Além de sua natureza inovadora, os empreendedores de sucesso também têm a flexibilidade de aceitar e adotar mudanças quando necessário para o crescimento de seus negócios. Eles podem ser persistentes, mas não são muito obstinados em não reconhecer quando novos métodos podem superar os já existentes.

Persistência para transformar seu sonho de negócios em realidade

Muitos de nós já estiveram lá antes: sentados em nossas poltronas em casa, assistindo à televisão com nossos entes queridos e, no anúncio, um novo anúncio aparece vendendo um produto ou serviço que deixa você dizendo: “Pensei em fazer isso há muito tempo ! ‘

Infelizmente, há uma diferença marcante entre pensar sobre uma ideia de negócio e buscar uma ideia de negócio e fazê-la funcionar. Aqueles com a natureza inquisitiva e perseverança para seguir idéias e aspirações são considerados como tendo o espírito empreendedor e bom senso.

Criativo: de um homem a uma empresa próspera

Um ingrediente-chave para qualquer empreendedor que pretenda obter êxito em seu próprio negócio é maximizar os recursos que têm à mão. Como uma banda de um homem só, os empreendedores precisam ser capazes de gerenciar seu tempo com eficiência suprema e também ter a visão de buscar ajuda quando precisam.

Os empreendedores engenhosos criam uma rede de pessoas nas quais podem confiar e aproveitar quando procuram uma tarefa especializada concluída.

Nos estágios iniciais de qualquer negócio, as linhas da bolsa são geralmente tão apertadas quanto sempre serão. Você precisa ser capaz de aprender a sobreviver como um negócio antes de poder prosperar. A capacidade de descobrir o que funciona antes de ampliá-lo, lançando um produto ou serviço viável, é uma característica importante de qualquer empreendedor de sucesso.

Confortável tendo um risco

Um empreendedor precisa estar disposto a assumir riscos depois de identificar uma oportunidade em potencial, investindo tempo e esforço nela para torná-la um sucesso. Muitas vezes, esses riscos serão bem calculados, ponderando os possíveis benefícios de assumir um risco. Em muitos casos, não assumir riscos pode abafar um novo negócio antes mesmo de decolar!

Empreendedorismo e riscos

Por estarem buscando uma nova oportunidade sem acesso aos recursos necessários, os empreendedores enfrentam riscos consideráveis, que vêm em quatro tipos principais. O risco de demanda está relacionado à disposição dos clientes em potencial de adotar a solução imaginada pelo empreendedor. O risco de tecnologia é alto quando são necessários avanços científicos ou de engenharia para levar a solução a bom termo. O risco de execução está relacionado à capacidade do empreendedor de atrair funcionários e parceiros que possam implementar os planos do empreendimento. O risco de financiamento diz respeito a se o capital externo estará disponível em termos razoáveis. A tarefa do empreendedor é gerenciar essa incerteza, embora reconhecendo que certos riscos não podem ser influenciados por suas ações.

 

Empresários enfrentam um Catch-22. Por um lado, pode ser difícil reduzir o risco sem recursos. Por exemplo, pode ser necessário capital externo para desenvolver e comercializar um produto e, assim, demonstrar que os riscos técnicos e de mercado são limitados. Por outro lado, pode ser difícil persuadir os proprietários de recursos a se comprometerem com um empreendimento quando o risco ainda é alto. Empreendedores empregam quatro táticas para lidar com este Catch-22:

A experimentação enxuta permite que eles resolvam riscos rapidamente e com um gasto de recursos limitado, confiando em um “ produto mínimo viável”, ou seja, o menor conjunto possível de atividades necessárias para testar rigorosamente uma hipótese de modelo de negócios.

O investimento em etapas permite que os empreendedores lidem com riscos seqüencialmente, gastando apenas os recursos necessários para atender a um determinado marco – antes de comprometer os recursos necessários para alcançar o próximo marco.

A parceria permite que os empreendedores aproveitem os recursos de outra organização e, assim, transferem riscos para as partes mais capazes / mais dispostas a suportá-los. Em uma variação dessa tática, os empreendedores alugam recursos para manter os custos variáveis e evitar os grandes gastos fixos associados à propriedade de recursos.

“Contar histórias” por empreendedores – evocando uma visão de um mundo melhor que poderia ser trazido por seu empreendimento – pode incentivar os donos de recursos a minimizar os riscos e, no processo, comprometer mais recursos do que se não fossem inspirados. Steve Jobs, por exemplo, era famoso por seu hipnotizante “campo de distorção da realidade”, através do qual ele impeliu funcionários, parceiros e investidores a ir a extremos para ajudar a realizar seus sonhos.

Empreendedorismo Social e Inovação

Os empreendedores sociais estão ganhando atenção em negócios internacionais motivada pelo desejo de mudança e de ver o mundo como ele pode ser, não como é. Os alunos do curso aprenderão como empreendedores sociais desenvolveram soluções criativas para lidar com problemas sociais.

Esta especialização se concentra em como o campo emergente do empreendedorismo social está promovendo abordagens inovadoras, impactantes e sustentáveis para abordar os problemas sociais e ambientais. A especialização analisa como o empreendedorismo social é definido e expresso em três contextos essenciais: inovação e impacto em todos os setores, empreendimento social e transformação social.

Os alunos aprenderão a alavancar os recursos de investidores, consumidores, partes interessadas e comunidades para enfrentar problemas sociais e ambientais urgentes e inovar soluções para mudanças sistêmicas, seja em empreendimentos sociais recém-criados; organizações sem fins lucrativos existentes, agências governamentais e fundações filantrópicas; ou instituições dedicadas ao impacto social de start-up e investimento.

As ideias para soluções inovadoras e empreendimentos sociais estão enraizadas na vida e nas experiências acadêmicas dos estudantes e desenvolvidas por meio de um currículo e atividades co-curriculares que vinculam a teoria à prática. Os alunos serão incentivados a participar de uma experiência de estágio que lhes permita aplicar suas habilidades e conhecimentos, praticar inovando, aprofundar seu aprendizado e ser orientados por líderes da área. Estágios competitivos estão sendo desenvolvidos e oferecerão experiências únicas e de alta qualidade em contextos locais, nacionais e internacionais.

Para concluir a especialização Empreendedorismo Social e Inovação (SEI) da ISS, os alunos devem concluir com sucesso o curso Fundamentos de Empreendedorismo e Inovação Social (ISS 4931-0002) mais três disciplinas eletivas escolhidas de uma lista de cursos com base em habilidades pré-aprovadas. de toda a universidade. As disciplinas eletivas baseadas em habilidades incluem cursos focados na criação e implementação de empreendimentos sociais e inovação, empreendedorismo, liderança, comunicação intercultural, financiamento e desenvolvimento de recursos, finanças e contabilidade e marketing.

Para encorajar o cultivo de uma diversidade de habilidades necessárias, cada eletivo deve vir de uma área de habilidades diferente (em outras palavras, os alunos podem aplicar apenas um curso de qualquer área de habilidades). Os estudantes também são encorajados a frequentar cursos relevantes “baseados em questões / teorias” focados nas áreas temáticas em que estão interessados e apaixonados, como desenvolvimento internacional, meio ambiente, pobreza, educação, etc. os requisitos de especialização).

Guilherme Paulus – um gênio do empreendedorismo brasileiro

Guilherme Paulus é um dos empresários mais bem-sucedidos e respeitados, não só do Brasil, mas de toda a América Latina. Foi Guilherme quem criou a empresa CVC Viagens, presente em todos os estados brasileiros, internet e principais shoppings.

Há alguns anos ele vendeu a maior parte dessa empresa por R$ 750 milhões, mas ainda é dono de 8% das ações da agência CVC, que atualmente tem o incrível valor de mercado de quase R$ 7 bilhões.

 

Guilherme Paulus é mais do que um empresário: é um visionário que ama o que faz. O empreendedor começou seus negócios do zero, como vendedor de pacotes de viagens, e hoje é referência no ramo turístico, tanto na venda de passagens, pacotes de lazer com excursões, como também em hospedagens intermediárias e de luxo.

 

Atualmente Guilherme atua em um negócio promissor e que cresce ano após ano, que também está ligado com o mercado turístico do Brasil. Ele dispõe de uma rede hoteleira com vinte empreendimentos de três, quatro e cinco estrelas, além de hospedagens exclusivas da Premium Saint Andrews, localizadas em Gramado.

 

Os hotéis de Guilherme não só atendem quase cem mil hóspedes todos os anos, como emprega quase duas mil pessoas. O empresário sente orgulho de contribuir para o crescimento econômico do Brasil, através da geração de emprego e atendimento de qualidade aos turistas que ajudam a movimentar a economia nacional.

 

O melhor hotel de golfe do Brasil, o Wish Foz do Iguaçu, no Paraná, também é um dos empreendimentos de Guilherme Paulus, que planeja ampliar a rede hoteleira e não para de investir no ramo. Sua visão empreendedora é exemplo para os colegas na área, que admiram a coragem de Paulus em investir elevados valores em uma época que o turismo não é tão rentável no país como há dez anos. Guilherme sempre age focando no futuro, realizando seus investimentos em hotéis e outras empresas do ramo, a fim de obter resultados tão grandes quanto o valor investido a médio e longo prazo.

 

A empresa de Guilherme Paulus, GJP, já desembolsou bilhões de reais nos últimos anos para comprar o Submarino Viagens, empresa que pertencia integralmente ao Grupo B2W, e que consiste na venda de pacotes de viagens online. Também adquiriu a empresa turística Rextur Advance, a Trend, que vende pacotes diversificados de lazer, o que inclui excursões, a Experimento Intercâmbio Cultural, e a Visual Turismo. Juntas, todas as empresas do Grupo CVC, movimentam atualmente mais de R$ 10 bilhões por ano.

 

O segredo de tanto sucesso? Segundo o empresário Guilherme Paulus é a sua dedicação e o prazer em trabalhar todos os dias. O empresário não trabalha apenas pelo dinheiro, mas sim pela satisfação em fazer algo que gosta, tornando o dinheiro consequência de um trabalho bem feito. Por sua humildade e seu império empresarial, Guilherme ocupa o importante papel de influenciar os novos empreendedores brasileiros que possuem um sonho e estão dispostos a torná-los uma valiosa realidade em um futuro não muito distante.