Fundo criado pela Baidu terá US$ 1,5 bilhão para investir em carros autônomos

Em um anuncio realizado no dia 21 de setembro, a empresa chinesa Baidu, conhecida por sua ferramenta de busca, revelou um fundo no valor de 10 bilhões de iuanes, que é equivalente a US$ 1,52 bilhão, destinados ao aperfeiçoamento da direção autônoma nos automóveis. Segundo o anuncio da empresa, o fundo tem como objetivo acelerar e alcançar de uma forma mais abrangente o desenvolvimento técnico da tecnologia para que a empresa possa competir com outros investidores norte-americanos.

O fundo criado pelo Baidu, “Fundo Apollo”, terá um total de 100 projetos voltados para a direção autônoma somente nos próximos três meses, e serão todos financiados pelo fundo da empresa.

Como o nome do próprio fundo sugere, ele será lançado exatamente no mesmo dia em que o Apollo 1.5 será lançado, que consiste na segunda geração do carro com direção autônoma que funciona com código aberto criado pela empresa.

A empresa desenvolveu o sistema de forma interna durante muitos anos, e só agora decidiu que levaria a tecnologia usada por ela para a condução de veículos autônomos para terceiros. Segundo a empresa, essa medida deverá acelerar todo o desenvolvimento em relação a tecnologia usada nos carros autônomos, e que isso irá permitir a empresa competir com grandes nomes como a Tesla, que tem seu nome registrado nos carros elétricos, e o Google, que possui atualmente o projeto Waymo.

A empresa chinesa fez uma recente atualização em sua plataforma Baidu onde os parceiros possuem acesso as tecnologias usadas pela empresa para perceber os obstáculos e mapear as estradas em alta definição na direção autônoma.

No anuncio, a empresa também informou que está passando por uma reorganização de estratégias de caráter corporativo. A busca atual da empresa é por fontes de lucros que estejam fora da sua modalidade principal de negócios. Assim como muitas empresas de tecnologia, a Baidu tem apostado em veículos com direção autônoma como forma de inovar o mercado automobilístico no mundo todo.

Outros grandes investimentos realizados pelas empresas de tecnologias estão voltados para os motores elétricos que deverão substituir os motores que são movidos a combustíveis fósseis. Além de utilizar energia renovável, os elétricos não poluem o meio ambiente, sendo considerados os carros “verdes”.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *