Mercado Livre testa pagamento de sinal na compra de veículos no site

A empresa de comércio eletrônico formada por diversos vendedores do país, Mercado Livre, lançou um novo sistema que visa facilitar a venda de veículos pela internet diretamente em seu site oficial. O grupo de comércio iniciou a fase de testes para o novo sistema, que caso seja aprovado pelos consumidores, será implantado definitivamente. A empresa ainda estuda abrir a modalidade de financiamento feito pela própria empresa para o segmento automotivo.

Além do sistema de vendas já disponível, o Mercado Livre está promovendo uma nova ferramenta que visa facilitar a relação entre os consumidores e os vendedores de veículos, onde o cliente pode oferecer um sinal para que o vendedor reserve o veículo, que pode ser carro, caminhão, moto, entre outros.

A ferramenta que já está em funcionamento no site da empresa, permite ao usuário de seu catálogo de classificados pagar valores de R$ 200 a R$ 1 mil para reservar o veículo. Todas essas funcionalidades podem ser feitas através da plataforma, sem nenhuma complicação burocrática.

A respeito do pagamento de sinal, a empresa já afirmou que não cobrará nenhuma taxa ou comissão. Em um comunicado, o Mercado Livre anuncio: “A aposta da companhia é que o serviço vai gerar mais negócios e atrair mais consumidores. O projeto de reserva vai nos dar subsídios para entender o comportamento do vendedor e do comprador e criar o mecanismo de reputação”.

Em relação às vendas de veículos pela internet, a empresa disse que é “complexa, principalmente no caso de usados”, tal complexidade é explicada pela quantidade de processos burocráticos que envolvem as transações e os registros de novos donos.

A página de veículos do Mercado Livre possui cerca de 2,4 milhões de anúncios que são publicados anualmente no Brasil. Contudo, a empresa ainda afirma: “Nossa estimativa é que 50% deste total seja convertido em venda”.

A empresa afirma que não consegue garantir o total de vendas de veículos atualmente, pois a sua plataforma funciona como intermediária entre os clientes e os veículos. Mas com a ferramente de reserva que já passou a ser testada pela empresa, as vendas poderão ter mais garantia de conclusão.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *